G12 – Bênção ou Perturbação?

Série: “G12/M12/MDA”.

Texto: Sergio de Souza.

Veja o que este conhecido pastor, no tempo em que ainda tinha credibilidade (e bigode), no tempo em que ainda não pregava a Teologia da Prosperidade e outros absurdos, falava sobre o G12, inclusive com fundamentação bíblica. Pegue papel e caneta. Os fundamentos estão certíssimos.

Em seguida postarei um outro vídeo, mais recente, em que ele diz que encontrou o líder nacional do G12 e que tudo estava certo (e, pelo visto, acertado).

Qual a diferença dos dois tempos e dos dois vídeos? O que mudou? O que foi “acertado” e o que está certo? Pra quem está certo? A chamada “Visão Celular”, que enquanto limita-se ao termo “celular” está certa (pois não é nenhuma “visão”, e isso é feito há séculos), continua:

  • Praticando a exponenciação dos 12 (a pirâmide), numerologia cristã;
  • A pregar maldição hereditária;
  • A fazer sessões de regressão;
  • A pregar atos proféticos;
  • A jogar a “relação dos pecados” no fogo;
  • A obrigar os “encontristas” (cursilhistas) a manter silêncio no encontro, baseados numa passagem em que Jacó não conversou com ninguém. O detalhe é que Jacó estava só e, a menos que falasse com ele mesmo, tinha que manter o silêncio;
  • A fazer o “encontro” usando musicoterapia;
  • A manter o encontro como uma coisa secreta. É sociedade secreta?
  • Com aquela hipnose (pra dizer o mínimo) coletiva do “é tremendo!”
  • A praticar a obediência cega ao líder, que não pode ser contrariado, sob pena de maldição para quem o fizer. O detalhe é que o líder maior do M12 traiu seu antigo mentor;
  • No caso de seu líder nacional, a profetizar, e a errar nas profecias;

Mudou o conhecido pastor do vídeo, ou mudaram os líderes do G12/M12? Parece que os interesses não revelados são mais fortes. Transigir a respeito de métodos, ok. Transigir a respeito de heresias, nunca!

Veja as publicações, neste blog, no menu “Maldição Hereditária”. Leia sua Bíblia e compare com o que é ensinado. Que o Espírito Santo o ensine e ilumine. “A Verdade liberta”.

 

.

III

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Play CAPTCHA Audio
[ Different Image ]